Ex-prefeito de Ilhéus Jabes Ribeiro ataca a UESC e revela falhas em sua gestão

A recente declaração do ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, ao programa “O Tabuleiro” da rádio Ilhéus-FM, onde afirmou que “a UESC está devendo ao bairro Salobrinho”, é um exemplo preocupante de uma retórica desinformada que parece visar mais a autopromoção política do que o bem-estar comunitário ou o entendimento real das funções de uma instituição acadêmica. Jabes Ribeiro, que governou Ilhéus por 16 anos, deveria compreender melhor as separações entre as responsabilidades municipais e as acadêmicas.

Primeiramente, é fundamental esclarecer que uma universidade, como a UESC, tem como pilares o ensino, a pesquisa e a extensão. Essas funções são desenvolvidas com o intuito de gerar conhecimento, formar cidadãos críticos e contribuir para o desenvolvimento regional em diversas dimensões, que podem ou não incluir intervenções diretas no âmbito municipal, como sugere o ex-prefeito. Essa declaração revela uma incompreensão alarmante das responsabilidades institucionais, configurando um equívoco ao pressupor que a universidade desempenhe funções típicas do Poder Executivo local.

Além disso, ao emitir tais críticas, Jabes Ribeiro não apenas minimiza o trabalho extensivo realizado por estudantes, técnicos e professores da UESC, mas também ataca indiretamente esses indivíduos que dedicam suas carreiras à educação e à melhoria contínua da sociedade através da academia. A generalização inadequada e a crítica infundada não contribuem para o diálogo produtivo nem para a solução de problemas reais, servindo apenas para criar divisões e desvalorizar o trabalho acadêmico que tem um impacto profundo e abrangente na comunidade.

Ademais, é imperativo lembrar da postura de Jabes Ribeiro durante seus mandatos como prefeito, caracterizada pela negligência em relação aos servidores públicos, falta de investimento adequado na infraestrutura dos serviços públicos essenciais e a ausência de iniciativas para estabelecer parcerias produtivas com instituições de ensino, como a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). A falha em não formalizar termos de cooperação técnica com a UESC, particularmente, destaca uma oportunidade perdida de promover sinergias entre o município e a academia, que poderiam resultar em melhorias significativas na qualidade dos serviços oferecidos à população. Ao ignorar essas possibilidades, Ribeiro não só falhou em reconhecer o valor da colaboração interinstitucional, mas também privou a comunidade de Ilhéus dos potenciais benefícios que tais parcerias poderiam trazer, especialmente em termos de desenvolvimento tecnológico, social e econômico que a universidade está bem posicionada para apoiar. Esta falta de visão e colaboração ressalta uma gestão que parece ter sido mais voltada para interesses políticos do que para o crescimento e bem-estar da comunidade ilheense.

Por fim, a perspectiva de um retorno ao poder de uma figura cuja gestão anterior foi marcada por escândalos de corrupção e gestão ineficiente, como destacado pelos próprios veículos de imprensa nacional, é algo que merece uma reflexão séria e crítica por parte da população de Ilhéus. Se faz necessário que haja uma mobilização da classe política e da comunidade em geral para assegurar que a liderança futura da cidade esteja alinhada com os princípios de transparência, eficácia e respeito pelas diversas instituições que compõem o tecido social de Ilhéus, incluindo a UESC.

As eleições são um momento crítico para avaliar não apenas o que os candidatos prometem, mas também o legado que deixaram. É essencial que os cidadãos de Ilhéus estejam atentos e engajados para promover uma governança que realmente reflita os interesses e as necessidades da comunidade, evitando retrocessos a uma era marcada por administrações problemáticas.

Servidores Públicos Municipais de Ilhéus enfrentam prejuízos e denunciam desrespeito

Na ultima sexta- feira, dia 21 de julho, os Servidores Públicos Municipais foram mais uma vez surprendidos negativamente pela gestão do prefeito Mario Alexandre e pela direção do SINSEPI. Isso porque foi publicado no Diário Oficial do municipio, a lei nº 4. 320 a qual concede revisão geral anual à remuneração dos servidores ativos do Poder Executivo de Municipal e que dispõe em seu inciso 1º do primeiro artigo : “O pagamento do valor retroativo aos servidores da ativa, referente aos meses de fevereiro a maio, em duas parcelas sendo uma até outubro de 2023 e a outra até fevereiro de 2024” No entanto, em assembleia realizada no dia 14/06/23, a proposta ofertada pela gestão estabelecia retroativo nos meses de janeiro a maio pago em parcela única até outubro de 2023. (como pode ser conferido no video abaixo no qual Rafael, diretor do sindicato faz a leitura). Tal proposta foi prontamente aceita e ratificada na ultima assembléia geral, datada de 19/06. Portanto, essa lei desrespeita o acordo feito entre os servidores resultando em mais um prejuízo, visto que foi perdido um mês de reajuste e o pagamento se estendeu até o proximo ano. Diante disso, os servidores cobram respeito e transparência. exigem uma resposta do sindicato que diz os representar mas silencia com absurdos como esse e nem dá um justificativa muito menos convoca paralisação ou manifestação contra o ato. Não custa lembrar que esse mesmo ano, foi divulgado um contracheque polpudo do presidente do sindicato Sr, Joacques, vulgo Joca, e que diversas denúncias foram feitas pelos servidores no que se refere à condução das assembléias e desrespeito aos associados. Cabe lemrbar também que o prefeito gosta de propagandear que valoriza o servidor, mas a prática é muito diferente: servidores com redução salarial sem justificativa plausível, sem direito ao vale transporte para municipio vizinho e com direitos estabelecidos com uma porcentagem inadequada como a insalubridade.

Estatuto dos Servidores Públicos Municipais de Ilhéus

A leitura do Estatuto dos Servidores Públicos Municipais de Ilhéus é de suma importância para todos os servidores, pois esse documento estabelece os direitos, deveres e obrigações que regem a relação entre o servidor e a administração pública.

Conhecer o Estatuto é fundamental para entender os direitos garantidos aos servidores, como licenças, férias, progressões, entre outros benefícios. Além disso, o Estatuto também traz orientações sobre os deveres dos servidores, como assiduidade, ética profissional e responsabilidade no exercício de suas funções.

A leitura do Estatuto dos Servidores Públicos Municipais de Ilhéus proporciona aos servidores o conhecimento necessário para reivindicar e proteger seus direitos, além de contribuir para a promoção de um serviço público de qualidade em benefício de toda a população de Ilhéus.

Clique aqui e tenha acesso ao Estatuto dos Servidores Públicos Municipais de Ilhéus.

Estatuto do SINSEPI

A leitura do Estatuto do SINSEPI é de extrema importância para os servidores públicos municipais de Ilhéus. Este documento estabelece as diretrizes, normas e procedimentos que regem o funcionamento do sindicato, além de definir os direitos e deveres dos filiados.

Ao conhecer o Estatuto, os servidores terão acesso às informações essenciais sobre a atuação do SINSEPI, os processos de tomada de decisão, as formas de participação e os benefícios de ser um filiado.

Clique aqui e tenha acesso ao Estatuto do SINSEPI.

SINSEPI convoca servidores para Assembleia Geral logo após a enquete de filiação

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ilhéus (SINSEPI) convoca todos os servidores para participarem da Assembleia Geral que ocorrerá no dia 19/06/2023. A primeira convocação será às 7:30 horas, e a segunda convocação ocorrerá às 8:00 horas. É de extrema importância que todos os servidores estejam presentes e retornem aos seus postos de trabalho após a assembleia.

A convocação da Assembleia Geral surge como um momento crucial para discutir questões relevantes que afetam a categoria dos servidores públicos municipais de Ilhéus. É nesse espaço democrático que serão debatidos assuntos como condições de trabalho, direitos dos servidores, negociações coletivas, entre outros temas de interesse comum.

Curiosamente, a convocação para a assembleia saiu no período da noite, logo após a finalização da enquete sobre a filiação ao SINSEPI. Essa coincidência mostra o quão importante é a participação ativa dos servidores na defesa de seus direitos e interesses. A enquete sobre a filiação foi uma forma de ouvir a opinião dos servidores, e agora a assembleia é o momento de transformar essas opiniões em ações concretas.

A presença de cada servidor nessa Assembleia Geral é fundamental para fortalecer a luta da classe trabalhadora e garantir que suas demandas sejam ouvidas e atendidas. É através da união e da participação ativa que conquistamos melhorias nas condições de trabalho, salários dignos e o respeito merecido. Portanto, não deixe de comparecer e traga suas ideias, sugestões e reivindicações. Juntos, podemos fazer a diferença.

É importante ressaltar que, após a assembleia, é essencial que cada servidor retorne aos seus postos de trabalho, cumprindo com suas responsabilidades profissionais. A participação na assembleia não deve comprometer o bom funcionamento dos serviços públicos prestados à população, mas sim fortalecer nossa atuação e buscar soluções coletivas.

Portanto, marque na sua agenda: dia 19/06/2023, Assembleia Geral do SINSEPI. Sua presença é fundamental! Juntos, podemos consolidar nossa força como categoria e alcançar conquistas significativas para todos os servidores públicos municipais de Ilhéus.

Bem-vindos ao Servidores Unidos: Fortalecendo a Luta pelo Serviço Público em Ilhéus

Sejam todos bem-vindos ao Servidores Unidos, o novo canal de comunicação criado para refletir sobre a condição do servidor público municipal de Ilhéus. Aqui, pretendemos estabelecer uma espécie de tribuna de debates, onde a voz dos servidores será amplificada, suas demandas serão ouvidas e suas lutas serão fortalecidas. Nosso objetivo é promover a organização livre dos servidores públicos ilheenses, respeitar o movimento sindical e trabalhar em prol de uma melhoria contínua das condições de trabalho e dos direitos dos servidores.

O Contexto

Sabemos que o serviço público desempenha um papel fundamental na construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Os servidores públicos municipais de Ilhéus são peças-chave nesse processo, dedicando-se diariamente para fornecer serviços de qualidade à população, muitas vezes em condições desafiadoras. No entanto, é importante reconhecer que esses profissionais frequentemente enfrentam uma série de obstáculos, como baixos salários, falta de recursos, precariedade das estruturas de trabalho e desvalorização de suas funções.

O Propósito

O Servidores Unidos surge como uma plataforma para unir os servidores públicos de Ilhéus, incentivando a troca de ideias, experiências e informações relevantes para a melhoria das condições de trabalho. Estamos aqui para ampliar a voz coletiva dos servidores, oferecer suporte, divulgar conquistas e desafios, além de fomentar a conscientização sobre a importância do serviço público para a sociedade.

Nossa abordagem será pautada pela valorização da luta da classe dos servidores e pelo respeito ao movimento sindical. Reconhecemos a importância das entidades representativas dos servidores públicos e estamos comprometidos em fortalecer essa parceria, buscando sempre a construção de um diálogo produtivo e harmonioso. Juntos, poderemos enfrentar os desafios com mais eficiência e encontrar soluções para as questões que afetam a categoria.

O Convite

Convidamos a todos os servidores públicos municipais de Ilhéus a se unirem a nós nessa jornada. Queremos ouvir suas vozes, suas reivindicações, suas experiências e suas sugestões para promover mudanças significativas. Todos são bem-vindos, independentemente de sua área de atuação ou nível hierárquico. A diversidade é um dos nossos pilares, pois acreditamos que é a partir da troca de diferentes perspectivas que encontraremos soluções mais abrangentes e eficazes.

Encorajamos você a se engajar no Servidores Unidos, participando dos debates, compartilhando artigos, experiências e informações relevantes. Juntos, poderemos fortalecer a luta pelo serviço público em Ilhéus e alcançar melhorias reais para os servidores e para toda a comunidade.

O Servidores Unidos é um espaço criado para fortalecer a luta dos servidores públicos municipais de Ilhéus, com o objetivo de melhorar suas condições de trabalho, valorizar